GENTE DO MAR

Saco do Mamanguá -Parati-RJ

 

Com fotos de Fabio Colombini e texto de Ricardo Maranhão, o livro reúne texto e fotografias para apresentar e documentar as culturas das comunidades dedicadas à pesca artesanal no litoral brasileiro, também chamadas de “caiçaras”. Essas culturas, vinculadas a uma ocupação discreta e respeitosa do meio ambiente, criaram músicas, danças, comidas, festividades, folguedos muito peculiares e de uma rica diversidade, além de uma sofisticada técnica de trabalho com peixes e frutos do mar. O livro percorre algumas comunidades pesqueiras das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Norte do Brasil que consideramos representativas para o registro que pretendemos fazer.

Os autores

Pesquisa e texto
Ricardo Maranhão é mestre em Ciências Sociais e doutor em História pela Universidade de São Paulo. Professor visitante ou palestrante em universidades do Canadá, França, Holanda, Alemanha e México, foi professor da Unicamp e leciona atualmente na Escola Superior de Gastronomia da Universidade Anhembi-Morumbi. Autor e/ou organizador de diversos de livros de História e de mais de cinquenta artigos em publicações especializadas nacionais e internacionais, é também autor, para a Terceiro Nome, dos livros Diário de navegação – a expedição de Pero Lopes de Sousa (1530-1532) e Caminhos da conquista – A formação do espaço brasileiro, ambos em parceria com Vallandro Keating, além de autor de livros e artigos sobre Gastronomia.

Fotografia
Fábio Colombini é formado em Arquitetura na FAU-USP e em Publicidade e Propaganda na ECA-USP. Trabalha há mais de 20 anos como fotógrafo, e suas fotos ilustram mais de 3.700 livros (artísticos, institucionais, didáticos, paradidáticos e mídia digital), 128 calendários de grandes empresas e inúmeros guias e revistas nacionais e estrangeiros. Já participou de mais de 60 exposições fotográficas e, entre suas premiações, destacam-se as da Organização dos Estados Americanos (OEA), Fundação SOS Mata Atlântica, World Calendar Awards (Illinois-EUA) e do National Geographic Channel, além do Prêmio Verde das Américas-Greenmeeting, pela contribuição para a preservação ambiental através de suas imagens. Suas imagens compõem o acervo do Instituto Moreira Salles e do Instituto Itaú Cultural.

Características gráficas
Formato fechado: 20,5 x 25 cm.
Formato aberto: 41 x 25 cm.
Número de páginas: 224 (aprox)
Aproximadamente 200 imagens
Texto de cerca de 180 mil caracteres em cada idioma
Papel: couché fosco 150 g
Impressão: 4 x 4 cores
Acabamento: capa dura com sobrecapa
Tiragem: 3 mil exemplares
Idiomas: português e inglês

Açaís com lua – Barreirinhas – MA

Açaís com lua – Barreirinhas – MA

Fortaleza -CE

Fortaleza -CE

Arraial do Cabo-RJ

Arraial do Cabo-RJ

Pq. Nac. Lençois Maranhenses -MA

Pq. Nac. Lençois Maranhenses -MA

Cabo Frio-RJ

Cabo Frio-RJ